Após preenchimento labial, mulher passa mal e é socorrida por ambulância: ‘Muita dor’

Leona foi parar no hospital depois do procedimento

Esta mulher ficou indignada com o resultado do que deveria ser um tratamento de beleza. Leona Omalley, de 24 anos, pagou cerca de R$700 pelo serviço de preenchimento labial, mas começou a sentir um incômodo depois do procedimento e seus lábios começaram a inchar muito. Tanto que, assustada, Omalley decidiu chamar uma ambulância.

Ao jornal “Daily Mail”, Omalley disse que, após a aplicação, não podia sequer falar ou beber por conta do inchaço. “Pareciam (os lábios) duas linguiças juntas no meu rosto. Eu nunca havia passado por nada assim antes. Eu pensei que ficaria daquele jeito para sempre. Ela teria estragado todo o meu rosto”.
A mulher, que vive em Wigan, na Inglaterra, com marido e três filhos, revelou que já fez tratamentos para preencher os lábios anteriormente, mas era a primeira vez que tentava em casa. “Minha boca e os lábios estavam jorrando sangue e eu estava entrando em pânico. Nunca senti uma dor como essa antes”, completou.

Leona já havia passado pelo procedimento, mas era a primeira vez que fazia em casa

Segundo Leona, apesar de a empresa parecer profissional, a prestadora de serviço cometeu alguns erros. “Ela ajoelhou de um lado e injetou de um ângulo. Ela colocou o produto na minha boca de uma vez só. Acabou em dois segundos e fiquei com muita dor”.
Após a aplicação, já no hospital — já com o rosto endurecido e os olhos inchados —, Omalley recebeu a aplicação de esteróides, que melhoraram a aparência da face. Entretando, segundo ela, a boca ainda não voltou ao normal. “Eu chorava e não podia me olhar no espelho. Fui tirar uma selfie e quando me olhei, pensei: ‘O que foi que eu fiz?’. Estava arrasada”.
Agora, Leona faz um alerta a outras pessoas: tome muito cuidado antes de se submeter a tratamentos estéticos. A esteticista negou as acusações e disse que tinha todos os materiais de segurança. Além disso, alegou que apenas a boca da cliente ficou inchada — e não todo o rosto.
fonte:jornal/extra.